O Pudim


Você conhece a história do pudim? É ainda um mistério, cheio de versões e de lendas.

Quem não gosta de uma boa fatia de pudim?

Bem antes do delicioso pudim de leite condensado (ou até do pudim sem leite condensado!) que os brasileiros tanto amam, a receita de pudim simples era preparada e servida de um jeito bem diferente no restante do mundo.

Muito mais que uma sobremesa (na maioria dos lares brasileiros), o pudim é considerado em muitos lugares como um prato principal, podendo apresentar sabores fortes e marcantes.

Não acredita?

Continue lendo e se surpreenda com as formas inusitadas de como fazer pudim!

O que é um pudim salgado?

A história do pudim é um pouco controversa. Acredita-se que a palavra ‘pudim’ vem do francês boudin, originalmente do latim botellus, o que significaria “salsicha pequena”, em referência às carnes compactadas utilizadas nos pudins da Europa Medieval, já que estes eram servidos em sua forma salgada.

Muito antes do delicioso e já conhecido pudim de leite condensado, famoso em várias regiões do Brasil, a receita de pudim mais usada antigamente no mundo era a do “bolo de pudim” e seus vários tipos: pudim de sangue, pudim preto, pudim de Yorkshire.

Os pudins antigos eram servidos como uma massa sólida, sendo a mistura de vários ingredientes unidos por uma liga, como a farinha de trigo, ovos, uma mistura de gordura e farinha ou algum outro cereal.

Apesar de bem diferentes do que reconhecemos, essas receitas de pudins são apreciadas em várias partes do mundo, como em países da Europa, onde são servidas como prato principal ou sobremesa.

Isto acontece pois, em alguns lugares, receitas de polenta, cural de milho, chouriço e outras mais são consideradas como os antigos pudins. Uma diferença na definição de “pudim” que pode gerar algumas confusões!

Muitos pudins deste tipo lembram os nossos conhecidos bolos e cremes, mas são mais molhadinhos e geralmente servidos emborcados em uma tigela, em vez de fatias.

O modo de preparo dessas receitas de pudins pode variar entre assados, cozidos ou até fervidos.

Pudins salgados e cozidos eram refeições principais e bastante comuns a bordo dos navios da Marinha Real Inglesa nos séculos XVIII e XIX, e constituíam-se no modo usual pelo qual os marinheiros britânicos se alimentavam.

Fonte: receitapudim.com.br/historia-pudim